DENTISTA E PRIMEIRA PRENDA É A CANDIDATA DE PANTANO GRANDE

Camilla Eidt Schiedeck é a primeira pantanense a participar do concurso

Pela primeira vez na história do Miss Rio Grande do Sul Latina, a cidade de Pantano Grande vai participar da disputa. E quem tem a missão de levar a faixa da cidade nessa estreia é a cirurgiã dentista Camilla Eidt Schiedeck, de 25 anos. Com pós-graduação em ortodontia e certificada em harmonização facial, a finalista revela dedicar o tempo livre aos estudos da língua Inglesa e às atividades tradicionalistas, uma vez que é a atual Primeira Prenda do CTG Carreteiros da Saudade.

Tendo a persistência e a dedicação como características em destaque na sua personalidade, a pantanense compartilha que, quando tem algum sonho, o coloca como um objetivo e vai atrás até conquistá-lo. “Não me deixo abalar pelas dificuldades do caminho, pois acredito que cada percalço surge para nos deixar mais experientes e para nos dar ainda mais força em nossos propósitos”, diz. Camilla ainda conta que quando inicia alguma coisa, ela realmente se dedica aquilo. “Não gosto de falsas promessas, nem de deixar algo pela metade ou ‘fazer do jeito que der’. Quando me comprometo com algo, faço como realmente deve ser feito, dando sempre o meu melhor e tentando agregar algum valor”, afirma.

E assim foi no momento em que decidiu participar do Miss RS Latina. A dentista compartilha que só aceitou disputar o concurso, porque sabe que irá conseguir conciliar o evento com os seus projetos atuais. “Se eu souber que não vou conseguir me dedicar o suficiente a algo, nem começo. Deixo para um momento em que eu me sinta melhor preparada, pois, para mim, a responsabilidade e o compromisso são fundamentais!”, relata.

LEGADO DA BELEZA

Desde pequena, Camilla admira o mundo dos concursos de beleza. Uma herança de sua mãe, que foi modelo na juventude e que, embora não tenha participado das disputas de miss no estado, sempre foi uma admiradora das faixas e coroas e passou essa paixão para a filha. “Quando recebi o convite para participar do Latina, me dediquei ainda mais. Compreendi que o concurso vai além do quesito beleza. E, por isso, resolvi concorrer. Quero mostrar que a mulher é mais do que aparência. Além disso, almejo contribuir na visibilidade do meu pequeno e jovem município”, conta.

Apesar de gostar de concursos de beleza, a finalista diz que estar na posição de candidata é um grande desafio. Ela acredita que essa experiência vai somar muito em sua vida, pois como representante da cidade poderá contribuir ainda mais com o município. “Além da honra de representar Pantano Grande, posso mostrar para outras mulheres da minha cidade, e também do estado, que o mundo é de quem ousa sonhar e de que sempre podemos (e devemos) correr atrás de nossos sonhos”.

A latina pantanense relaciona o concurso com o tradicionalismo gaúcho e destaca as figuras da prenda e da miss como referências que vão além de um rosto ou corpo bonito. Com a sua participação, Camilla acredita que poderá mostrar a sua essência e inspirar outra jovens a serem o que quiserem. “Eu trabalho, tenho minha profissão, vivo o tradicionalismo e agora vou viver essa nova experiência como Miss Latina. Além disso, almejo evolução assim como conquistar grandes amizades”, afirma.

A coordenação da cidade de Pantano Grande é do coordenador Lucas Oliveira, profissional de beleza que produziu todo o ensaio de lançamento da latina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.